11 fevereiro 2013

Anjo de quatro patas, de Walcyr Carrasco

Postado por Renato Nascimento às 14:42
Reações: 
1 comentários

Título: Anjo de quatro patas
Autor: Walcyr Carrasco
Número de páginas: 200
Editora: Gente
5 de 5





      Neste livro, o escritor Walcyr Carrasco registra os momentos mais engraçados e comoventes vividos ao lado de Uno, um cão que, além de um simples companheiro, tornou-se um verdadeiro amigo, ensilhou-lhe a enxergar as pessoas de outra maneira e, sobretudo, devolver-lhe a alegria de viver. Entre mordidas e lambidas, você irá rir e se emocionar com as aventuras desse anjo de quatro patas que renovou a rotina e os sentimentos de seu dono.


  

Como vocês devem ter percebido, o blog conseguiu uma nova editora parceira! E hoje venho aqui com a resenha do primeiro livro que recebi de cortesia. A entrega foi extremamente (extremamente mesmo, vocês não têm ideia) e foram muito simpáticos! Obrigado pelo voto de confiança :D Vamos lá?

   O livro começa quando Bia e Cláudio decidem ficar milionários criando cachorros. Começaram comprando um casal de husky siberiano, apostando que a cadela teria pelo menos dez filhotes. Mas, como anda na vida é certo, nasceu apenas um filhote. Um só. É raro, mas aconteceu. Então eles decidiram ficar com o casal e dar o filhote, já que pai e filho estavam  se estranahndo, brigando por território. Walcyr que tinha acabado de perder uma pessoa extremamente querida e estava passando por uma fase difícil e jurava que nunca mais ia amar, acabou ficando com o cachorro.
   Eu tenho um cachorro. Um pinscher de quase três anos de idade, com pouco mais de 30 cm. É o xodó da casa. Ao contrário do que se pensa, ele não é bravo e aceita carinho de todo mundo, desde que você não tente pegá-lo no colo. Sempre empurrei a leitura de Marley & Eu porque sei o que acontece no final. E então eu solicito esse livro. Ah, Uno! 
   Quando recebi o livro, fui procurar mais sobre o Walcyr. Descobri que todas as minhas novelas favoritas foram escritas por ele (sim, eu assisto novela). Então, iniciei minha leitura cheio de expectativas, e TODAS elas foram correspondidas. 
   A maneira incrível com que ele descreve o dia a dia com o Uno nos deixa fazer parte da história. Eu posso dizer que estava lá desde a chegada do Uno até o fim do livro. Como um bom escritor, o livro tem muitas passagens que são extremamente reflexivas. 
  Engraçado, profundo e realista, Anjo de quatro patas conseguiu passar uma mensagem extremamente sincera. Os cachorros realmente são nossos companheiros (experiência própria) e sem o amor incondicional deles, talvez nós não estivéssemos de pé hoje. 
Não posso deixar de falar do fim. É muito difícil falar sem dar spoilers, mas eu preciso dizer uma coisa: chorei muito. 
   Abaixo, meus quotes favoritos:


"Só então tive um lampejo do que me esperava. Por pouco não amarrei minha cunhada e o cachorro de volta na caçamba. Mas era tarde. Eu olhei mais uma vez para o cão, e ele me encarou com os olhos cintilando de ternura. Que sedutor! Sentei-me no chão e o abracei longamente, sentindo seus pêlos macios, seu cheiro, e uma imensa vontade de tê-lo perto de mim. "


"Mas levei a dor dentro de mim. Meu sentimento não era um pacote que se pode esquecer em algum lugar para continuar o caminho mais leve. A ferida ainda estava aberta. Sangrava"


" O coração não é um loteamento dividido em terrenos onde cada um toma posse do seu pedaço. E  que depois fica lotado, com terrenos grandes e pequenos, dependendo do amor que se dedica a cada um. Não. O coração é um mundo. É enorme, e capaz de abrigar muitos amores. Cada pessoa que chega tem o seu lugar, porque a capacidade de amar é infinita"

29 janeiro 2013

Batalha das Capas #1: Ladrão de Almas

Postado por Renato Nascimento às 05:00
Reações: 
0 comentários
Boa tarde pessoal \o/
   Hoje venho aqui inaugurar uma coluna que eu sempre quis fazer: A Batalha das Capas. Toda semana vou escolher um livro e colocar suas diversas capas pelo mundo, e vocês vão escolher a vencedora. No fim do mês, uma última votação vai definir a capa do mês! 
   Para inaugurar, decidi escolher o livro Ladrão de Almas, que tem uma capa incrível! Vamos lá? Vocês também podem conferir a resenha de Ladrão de Almas aqui.



  Para mim, as melhores capas são a capa 2 (Paperback americana) e a 4 (Hardback americana), apesar de não ter muito a ver com o enredo do livro. A capa 3 é a portuguesa, e a 6ª a brasileira. E pra vocês, qual a melhor capa? 




27 janeiro 2013

Ladrão de Almas, de Alma Katsu

Postado por Renato Nascimento às 15:44
Reações: 
1 comentários

Título: Ladrão de Almas
Autor: Alma Katsu
Número de páginas: 430
Editora: Novo Conceito
4 de 5





      No turno da noite em um hospital em Maine, Dr. Luke Findley espera ter outra noite tranquila com lesões causadas pelo frio extremo e ocasionais brigas domésticas. Mas no momento em que Lanore McIlvrae — Lanny — entra no pronto-socorro, ela muda a vida dele para sempre. Uma mulher com passado e segredos misteriosos, Lanny não é como outras pessoas que Luke já conheceu. Ele é, inexplicavelmente, atraído por ela… mesmo ela sendo suspeita de assassinato. E conforme ela conta sua história, uma história de amor e uma traição consumada que ultrapassa tempo e mortalidade, Luke se vê totalmente seduzido.
      Seu relatório apaixonado começa na virada do século XIX na mesma cidadezinha de St. Andrew, Maine, quando ainda era um templo Puritano. Consumida, quando criança, pelo amor que sentia pelo filho do fundador da cidade, Jonathan, Lanny faria qualquer coisa para ficar com ele para sempre. Mas o preço que ela paga é alto — um laço imortal que a prende a um terrível destino por toda a eternidade. E agora, dois séculos depois, a chave para sua cura e salvação depende totalmente de seu passado.

   Primeiro, devo dizer que gosto de romances sobrenaturais, apesar de ler pouco. Quando a Novo Conceito me enviou o livro, fiquei ansioso para ler logo. Capa perfeita, sinopse instigante e booktrailer de arrasar. Que mais precisa?

   Então, vou começar dizendo logo o que faltou nesse livro. Tudo começa bonitinho com o Luke no hospital, aí a Lanny aparece e muda a vida do cara. Ela mostra as habilidades que possuí para ele, e o bobão joga tudo pelos ares e ajuda ela a escapar. Por Kratos, quem faz isso? Hein? Por favor, menos.
   Os capítulos em que a Lanny conta a história dela são os melhores! Entramos em um romance histórico incrível, com personagens bem construídos. O amor obsessão que a Lanny tem pelo coitado Jonathan é entediante. Ela faz de tudo (de tudo mesmo, ok?) para se oferecer e chamar a atenção  Sério, eu fiquei com dó dele. Coitado. Imagine como deve ser chato ter uma garota atrás de você o tempo todo? Só no final descobrimos o que dá esse nome ao livro. E realmente é muito chato ficar lendo e lendo e nada de surpresas. A autora não coloca a trama principal no começo do livro, e só pela página 360 que as coisas começam a acontecer de verdade e aparece o "sobrenatural"
   Apesar de não ser um super livro, ele tem sim elementos que o torna sedutor, instigante, e até mesmo "bonito".

"O amor pode ser uma emoção barata, facilmente oferecida, apesar de que não me parecesse assim naquela época. Em retrospecto, sei que só estávamos tapando os buracos de nossas almas, do jeito que uma onda carrega areia para encher os orifícios de uma praia cheia de pedras. Nós, ou talvez fosse só eu, saciávamos nossas necessidades com o que declarávamos ser amor. Mas, no final, a onda sempre leva de volta aquilo que trouxe."


   Um ponto indeciso é a narrativa. É muito difícil se acostumar quando estamos no presente. É uma espécie de 3ª pessoa no presente, e como nunca li nada assim, me incomodou. Já a narrativa da Lanny é muito mais comum, então me agradou bastante. Não me entendam mal, mas eu ainda prefiro a velha primeira pessoa :D


"Agora compreendo que somente um tolo busca garantias no amor. O amor demanda tanto de nós que, em troca, tentamos garantir que ele dure. Nós queremos eternidade, mas quem consegue fazer tais promessas? "


   Apesar da demora para a história ficar realmente impossível de largar, o final do livro é muito satisfatório, e eu realmente quero ler os outros livros da trilogia. Alma Katsu conseguiu construir um universo bem elaborado e o segundo volume tem tudo para ser ótimo! 


"Quando, de fato, dentro daquela juventude encantadora, estava o monstro da história, o coletor de força e o ladrão de almas!""

10 janeiro 2013

Book Blogger Hop #1

Postado por Renato Nascimento às 17:58
Reações: 
0 comentários
Book Blogger Hop
  É fato que a cada dia surgem mais e mais blogs de livros no Brasil e tem muito blogueiro bom por aí que não é conhecido. Inspiradas pelo Book Blogger Hop que a Jennifer criou no Crazy For Books, e do qual participamos na versão em inglês do site, nós decidimos montar uma versão brasileira. A ideia é mostrar a diversidade de blogs literários que temos no Brasil—e conhecer um pouquinho mais dos blogueiros também.

Quais foram suas resoluções de ano novo para seu blog ou para escrever?
Renato: Bem, eu decidi voltar a atualizar o blog - depois de um bom tempo sem postagens regulares, percebi que não conseguiria viver sem ele. Agora estou colocando minha mente para funcionar e pensar em ideis maneiras para alavancar e inovar o blog :)


07 janeiro 2013

The Book Times — Arqueiro/Sextante

Postado por Renato Nascimento às 14:43
Reações: 
0 comentários
Boa tarde galera \o/ Hoje, no dia do leitor, trago as novidades da Editora Arqueiro e da Editora Sextante. Nada melhor do que ficar sabendo dos últimos lançamentos! Vamos lá :D



SINOPSE
  É o primeiro dia de aula em sua nova escola, mas Rafa Khatchadorian já sabe que será o pior ano de sua vida. Como se não bastassem seus problemas em casa, agora ele terá que descobrir como sobreviver ao sexto ano. 
  Por sorte, Rafa bolou o melhor plano de todos os tempos: ele se propôs a quebrar todas as regras do colégio, valendo pontos. Porém, professores, pais e valentões não curtiram essa ideia mirabolante. Será que o plano vai passar de mágico a trágico? 
288 páginas | R$ 29,90 | Previsão de Lançamento: 14/01

                                                                                                       SINOPSE
  Diagnosticado com uma doença terminal, Jack passa seus últimos dias se despedindo da esposa Lizzie e de seus três filhos.
Inesperadamente, uma nova tragédia se abate sobre a família: Lizzie sofre um acidente de carro e morre. Com isso, as crianças são obrigadas a morar com outros parentes.
  Quando tudo parecia perdido, Jack se cura e reencontra seus filhos. Num verão inesquecível, ele luta para reconstruir a família e reaprende a amar.
288  páginas | R$ 29,90 | Previsão de Lançamento: 23/01


SINOPSE
  Nora Sinclair é linda, rica, sedutora e acaba de se tornar viúva pela segunda vez. Mas sua vida é repleta de acontecimentos misteriosos, que levantam a suspeita do FBI.
  Para se aproximar de Nora, o agente John O’Hara finge ser um corretor de seguros com uma oferta tentadora: um seguro de vida no valor de 1,9 milhão de dólares. O plano funciona, mas à medida que passa a conhecer a viúva, ele começa a se perguntar se está atrás de justiça ou diante de uma paixão avassaladora.
224  páginas | R$ 24,90 | Previsão de Lançamento: 21/01




Em fevereiro, a Arqueiro traz um Best-seller do The New York Times e USA Today, com mais de 500 mil livros vendidos!


SINOPSE
   O enigmático e sedutor professor Gabriel Emerson é um reputado especialista na obra de Dante. Mas à noite dedica-se a uma vida de prazer sem limites, não hesitando em usar a sua beleza de cortar a respiração para manipular as mulheres a satisfazerem cada capricho seu. Talvez por isso se sinta torturado pelo passado e consumido pela crença de que está para lá de qualquer salvação. 
  Quando a jovem Julia Mitchell se inscreve como sua aluna de pós graduação, Gabriel não consegue ficar indiferente. Ela é linda, deliciosamente inocente, um diamante em bruto para ele polir. Sempre que Julia se apercebe do olhar de predador dele, espera sentir receio, mas o que verdadeiramente sente é uma estranha luxúria que a assusta. 
  Desejando desesperadamente possuí-la, Gabriel põe em perigo não só a sua carreira, como ameaça desenterrar segredos de um passado que preferia manter oculto. Uma história inebriante sobre amor proibido, luxúria e redenção, O Inferno de Gabriel retrata a jornada de um homem que procura escapar do seu próprio inferno pessoal enquanto tenta conquistar o impossível: perdão e amor. 

O segundo volume será publicado em julho:


SINOPSE
  Com uma linguagem simples e acessível, o reverendo James Martin apresenta neste livro as questões mais relevantes da espiritualidade inaciana, compartilhando as experiências que vivenciou em mais de duas décadas dedicadas ao trabalho na Companhia de Jesus.
  A partir de exemplos surpreendentemente práticos, histórias bem-humoradas e casos curiosos, ele mostra que a espiritualidade está entranhada em nossas atividades cotidianas e que é possível chegar a Deus por meio de nossos relacionamentos pessoais, nosso trabalho, nossas escolhas e nossos desafios diários.

336  páginas | R$ 29,90 | Previsão de Lançamento: 07/01



                                                                                                       SINOPSE
  Depois do sucesso de Por que os homens amam as mulheres poderosas?, Sherry Argov resolveu ir mais fundo e entrevistou centenas de homens para descobrir o que os leva a pedir uma mulher em casamento.
  Com base em suas pesquisas, ela reuniu ensinamentos úteis para quem deseja transformar relações casuais em compromisso sério. Você vai identificar as atitudes que atrapalham suas relações amorosas e descobrir o que fazer para se tornar mais desejável para o sexo oposto.
208  páginas | R$ 19,90 | Previsão de Lançamento: 15/01


SINOPSE

  A partir da história de um garoto que aprendeu a silenciar a mente para ouvir os sinos de um templo sagrado escondido no fundo do mar, Manual do guerreiro da luz aborda temas como coragem, disciplina, fé, confiança, escolhas, responsabilidade, amizade e gratidão.
  Ideal para ser consultado quando nos sentimos despreparados para lidar com alguma situação, esse livro reúne mensagens inspiradoras que nos ajudam a encontrar nossa força interior.
160  páginas | R$ 19,90 | Previsão de Lançamento: 17/01






      Particularmente, quero muito ler Escola: Os Piores Anos da Minha Vida e Um Certo Verão :D Ambos com capas incríveis xD E vocês, quais desejam? 
      Tenham uma ótima semana!




05 janeiro 2013

Julieta, de Anne Fortier

Postado por Renato Nascimento às 05:00
Reações: 
0 comentários

TítuloJulieta
Autor: Anne Fortier
Número de páginas: 448
Editora: Sextante - Selo Ficção
Nota 3 de 5
   Julie Jacobs e sua irmã gêmea, Janice, nasceram em Siena, na Itália, mas desde os 3 anos foram criadas nos Estados Unidos por sua tia-avó Rose, que as adotou depois de seus pais morrerem num acidente de carro. Passados mais de 20 anos, a morte de Rose transforma completamente a vida de Julie. Enquanto sua irmã herda a casa da tia, para ela restam apenas uma carta e uma revelação surpreendente: seu verdadeiro nome é Giulietta Tolomei.
   A carta diz que sua mãe havia descoberto um tesouro familiar, muito antigo e misterioso. Mesmo acreditando que sua busca será infrutífera, Julie parte para Siena. Seus temores se confirmam ao ver que tudo o que sua mãe deixou foram papéis velhos – um caderno com diversos esboços de uma única escultura, uma antiga edição de Romeu e Julieta e o velho diário de um famoso pintor italiano, Maestro Ambrogio. Mas logo ela descobre que a caça ao tesouro está apenas começando. O diário conta uma história trágica: há mais de 600 anos, dois jovens amantes, Giulietta Tolomei e Romeo Marescotti, morreram vítimas do ódio irreconciliável entre os Tolomei e os Salimbeni. Desde então, uma terrível maldição persegue essas duas famílias.

   Não sou muito fã de autores que usam clássicos para escrever seus livros, mas quando solicitei esse livro, tinha abacado de ler Romeu Imortal, que apesar de ser mediano, me deixou no pique para conferir outras variações de Romeu e Julieta. Não sabia muito o que esperar do livro. Na contra capa, uma citação diz: "[...] poderíamos chamar de O Código Da Vinci para mulheres inteligentes e modernas". Beleza. Eu adoro Dan Brown e o estilo dos livros dele, então parece ser bom mesmo.
   Julieta começa no ponto perfeito, sem enrolação: tia Rose morre logo no início do livro. Julie parte para Siena e temos o início de uma história bem elaborada, bem escrita e bem desenvolvida, mas com seus pontos fracos. 
   No desenvolver do livro,conhecemos mais a fundo Julie Jacobs - ou Giulietta Tolomei - e confesso que não sou muito fã dela. Por diversas vezes quis entrar no livro e mandar ela acordar. Ela fica esperando as coisas acontecerem, e demora um pouco pra entrar no ritmo da história. Caramba, ela tem um mapa do tesouro, as pistas e nada de dinheiro no bolso. Eu teria revirado Siena de cabeça pra baixo nas primeiras páginas. 
   Então, Giulietta começa a conhecer seus parentes e até mesmo Eva Maria Salimbeni - sim, pertencente á família inimiga dos Tolomei. Falando em Eva Maria, ela é uma incógnita para mim até agora. No livro todo Pepo Tolomei, primo e padrinho de Giulietta, dizia para não confiar nos Salimbeni, mas a idiota continuava confiando e confiando. No final do livro temos uma justificativa para as ações de Eva Maria, mas ainda não fiquei sabendo se ela é boa ou má. 
   A escrita de Anne Fortier é muito boa e bem detalhada, talvez até demais. Quando ela começava a descrever demais, pulava um pedacinho. Sei que isso é feio, mas saber equilibrar é bom. O desenvolvimento da história é lento (como nos livros do Dan Brown), então só pelo meio do livro as coisas começam a tomar um rumo legal. 
   Janice é a personagem da ação -  alegre, bem resolvida e maluca, aparece na hora certa pra esquentar o livro e se torna uma personagem muuuuito legal, a minha preferida. Umberto é o mordomo na casa da tia Rose, e acaba tendo um papel importante na finalização do livro.
   Alessandro Santini é o cara com quem Giulietta implica, e fica naquela coisa de "eu odeio você" e blábláblá. Mas lembrem-se: quem desdenha, quer comprar, e compra! A autora tentou passar a imagem de bad boy, mas para mim ele foi um personagem tão morno quanto Pepo Tolomei, que aparece umas cinco ou seis vezes. 
   O final do livro não é dos melhores - temos muitos floreios e pouca ação. Alguns fatos e revelações foram só para acrescentar algumas páginas, É um final satisfatório, mais ou menos aquela coisa de "eu esperava por isso". 
   Resumindo, o livro é ótimo para se distrair, mas não é uma obra fantástica. O trabalho editorial da Arqueiro é incrível, a capa é linda e a diagramação perfeita. 



03 janeiro 2013

O Advogado da Vida, de Jean Postai

Postado por Renato Nascimento às 21:01
Reações: 
2 comentários
Título: O Advogado da Vida
Autor: Jean Postai
Número de páginas: 416
Editora: Novo Século - Selo Novos Talentos da Literatura Brasileira

Nota 5

 Quando começa o direito à vida? Essa pergunta fica quase impossível de ser respondida quando o médico Arthur Galanidel é preso por supostamente realizar abortos ilegais em sua clínica, inclusive em uma menor de idade. O advogado David é escalado para defender o caso, sofrendo a pressão da imprensa e da sociedade, que discutem se uma mulher tem ou não o direito de abortar e se o médico é ou não um criminoso. Será que David conseguirá convencer os jurados a inocentar o médico? Em quais situações é permitido a uma mãe optar por dar ou não à vida a seu filho? Neste emocionante thriller jurídico, as perseguições, tramas e provas são misturadas a todo momento, criando um romance fantástico, de tirar o fôlego. Tudo isso para, no final das contas, o caso ser julgado por sete jurados que decidirão onde começa e até onde vai o mais fundamental dos direitos: o direito à vida.


   Logo no início do livro, Jean nos apresenta a trama, sem muita enrolação (ponto positivo!). Apesar de possuir 415 páginas, não é longo e maçante - pelo contrário: a narrativa é emocionante e rápida, contendo detalhes e ações na medida certa (ponto positivo!). Outra coisa muito interessante é que não temos termos jurídicos ou palavras que a vovó usava, tudo é descrito na mais perfeita linguagem. Ou seja, se você é o presidente da OAB, vai conseguir ler; se você é um simples leitor, também conseguirá. Sendo mais claro sobre a narrativa, ela simplesmente vai. As páginas vão passando e eu não encontrei NADA que atrapalhasse a leitura ou se tornasse algo chato.
   No desenvolver da história, somente personagens essenciais vão aparecendo: não pense que o tio do avô do primo de terceiro grau do colega da mãe do protagonista vai aparecer. Isso é um ótimo ponto. Recentemente, minha mãe leu um livro que recebi de parceria e disse que tinha muitos personagens, e isso a deixou confusa, principalmente pelos nomes serem estrangeiros. E eu realmente tenho que concordar: personagem demais não é sinônimo de história boa!
   Nós estamos acostumados a ler livros, certo? E, normalmente, estamos em um capítulo de ação, e a mocinha está correndo do bandido, e ela chega no beco sem saída e... O capítulo acaba e no próximo, o autor vai pra outro núcleo. Pois bem, senhoras e senhores, em O Advogado da Vida, isso não acontece!  Vocês sabem como isso é demais? Um exemplo prático: Capítulo 5 "A dúvida do advogado". Neste capítulo, como se vê, David Puskas (já falo dele) está com uma dúvida das grandes, que é essencial para o livro. Logo, o capítulo falará sobre a dúvida, e no final, veremos a solução para a dúvida. Muito bom, não é?

   David Puskas é um personagem bem interessante: apesar de ser o protagonista, não tem ar de herói e muito menos tem super poderes. Ele também tem problemas com autoestima, e quer mostrar pra si mesmo que é competente. E ele fica mais preocupado ainda quando aceita ser advogado do Arthur. Afinal, se o Dr. é rico e famoso, por quê não contratar um advogado renomado? Afinal, muitos advogados tinham tantos anos de profissão quanto ele tinha de vida.
   Arthur Galanidel é um personagem mentiroso, sem escrúpulos e assassino de bebês. Mas ele também é um velhinho bondoso que defende suas ideologias e não quer ser controlado pelo Estado. Também é um excelente médico que já trouxe muita gente para esse mundo. Sim, eu fui contraditório, mas é algo que acontece durante o livro: você sempre muda de opinião.
   Morgana Corbani é um mulherzinha fútil, mesquinha, manipuladora e uma jogadora suja. Por outro lado, é uma profissional excelente (exceto quando contrata uns serviços que me deixaram morrendo de raiva).

   O tema que o Jean escolheu para dar rumo á sua história é bem polêmico. Afinal, não vemos por aí as pessoas gritando aos sete ventos sua opinião sobre o aborto. Não que o autor faça isso - ele é bem imparcial em toda a obra - mas o admiro por colocar este tema em debate. As questões discutidas vão além da velha "o aborto é correto?" Temos também: "quando o aborto deve ocorrer?" "quem deve decidir pelo aborto: a mãe, o Estado ou a Igreja?" "não é melhor ser feito em ótimas condições do que em clínicas clandestinas?"
   Quando iniciei a leitura do livro, estava certo da minha opinião: sou totalmente contra o aborto, em todas as situações. Terminei o livro com uma dúvida imensa e sem uma opinião formada. Não que eu seja uma pessoa facilmente manipulada, não é isso, mas os argumentos, tanto quando da acusação (Morgana) quanto da defesa (David) são muito bons. Em muitas partes esqueci que era um livro e me parecia que tudo estava acontecendo ali, bem na minha frente.
   O Advogado da Vida, de Jean Postai, é um livro realmente incrível. Personagens, narrativa, desenvolvimento, enredo, finalização... Ah, a finalização! Quantas surpresas aguardam aqueles que pegarem esse livro para ler. O final do livro é realmente bom, e de certa forma, justo. Mas talvez não tão justo assim... Ah, não sei, realmente não decidi. Foi um livro que me fez passar pelas mais diversas emoções (principalmente raiva! URRRGHHH!), tem um excelente conjunto de argumentações (que se encaixam perfeitamente na nossa realidade), além de ter uma escrita impecável. Muito bom mesmo! Vale a pena!



Sobre o Autor

Jean Postai iniciou sua carreira no mundo jurídico aos 14 anos, trabalhando como office-boy em um escritório de advocacia. Após, foi estagiário de Direito tanto em escritório de advocacia quanto no Tribunal de Justiça e bacharel, até tornar-se advogado, pós-graduado em Direito Civil pela PUC-PR. Atualmente, é sócio do escritório Souza Postai Advogados Associados, em Joinville, Santa Catarina. Além da advocacia, é apaixonado por viagens, razão pela qual já viajou para todos os continentes do planeta apenas com uma mochila nas costas, com exceção da Antártica (que não vai sossegar até conhecer).


Compre o livro aqui
Livro no Skoob
Encontre o Jean no: Facebook

02 janeiro 2013

Pesquisa de Ano Novo

Postado por Renato Nascimento às 12:59
Reações: 
1 comentários
Olá, pessoas! Como vocês estão?
  Espero que essa virada de ano tenha trazido muitas inspirações pra vocês. Quem viu meu último post, sabe que eu pretendo voltar com o blog SIM. Porém, eu fico perdido nessa blogsfera, afinal, as coisas mudaram muuuuito. Então, decidi criar uma pesquisa super rápida, com apenas uma pergunta, para que vocês, leitores do Between Letters (eu ainda tenho leitores?) respondam com sinceridade! Muuuito obrigado pra quem responder!
  E é isso aí. Eu volto essa semana, com a resenha do thriller jurídico O Advogado da Vida!

 

Marco do Percurso Copyright © 2012 Design by Antonia Sundrani Modificado por Renato Nascimento